<<  Outubro 2014  >>
 D  S  T  Q  Q  S  S 
     1  2  3  4
  5  6  7  8  91011
12131415161718
19202122232425
262728293031 
Visualizações de Conteúdo : 192943

login



Home
Jovens assaienses participam do 4º JUCE
Assaí

Pe. Cezar Nos dias 1º a 4 de maio de 2014, aconteceu na Paróquia Santo Inácio Mártir e Santa Paula Elizabete de Curitiba o 4º Juce (Juventude Cerioliana). Realizado pela Congregação da Sagrada Família de Bérgamo, o evento visa promover o encontro dos jovens das paróquias atendidas pela CSF com o carisma particular da congregação e possibilitar a vivencia de momentos de oração, reflexão, partilha e diversão. O encontro desse ano teve como tema “Mais que amigos, irmãos, segundo a espiritualidade da Sagrada Família, e contou com a presença de mais de duzentos jovens de cidades como Peabiru, Jandira, Itapevi, Montes Claros, Curitiba e Assaí, que enviou 7 jovens. Padre Cezar Luciano Ernandes Fernandes, Conselheiro geral, Reitor do Seminário Maior da CSF e Pe. Mestre do Noviciado destacou: “o encontro do JUCE foi uma experiência muito bonita, tivemos aqui mais de 200 jovens nesses quatro dias de encontro, de oração e de muita alegria, que foi o que realmente caracterizou esses dias. Os jovens que aqui vieram, voltaram com uma carga muito boa de espiritualidade e de vontade de viver juntos aquilo que foi o JUCE, mais que amigos, irmãos, segundo a espiritualidade da Sagrada Família. E o que a gente espera é que realmente nas comunidades, nas paróquias os jovens possam estar promovendo essa fraternidade, colaborando nas pastorais, nos movimentos e dando a própria contribuição onde estão. Que a experiência do JUCE não fique somente aqui conosco, nesse momento de festa, mas que possa ser levado para os outros jovens nas paróquias e comunidades”. Padre Cezar também agradeceu a presença dos jovens de Assaí.

Votos Perpétuos

O JUCE encerrou com uma celebração muito importante para a Congregação da Sagrada Família de Bérgamo, na qual os jovens Alexandre Surdi, Diego Gabriel e Luiz Pazian professaram votos em perpétuo. A celebração foi presidida pelo superior regional, pe. Roberto Maver e concelebrada por outros padres da CSF, entre eles, Pe. Wagner Zacarias Rufino, que é Vigário Regional e Pe. Geronimo Zonca, atualmente pároco da Paróquia Bom Pastor de Serrinha-BA.

Pascom -Assaí

 

 
Dom João Bosco é nomeado bispo de Osasco (SP)
Jandira
O papa Francisco acolheu o pedido de renúncia apresentado por dom Ercílio Turco, em conformidade com o cânon 401.1 do Código de Direito Canônico, e nomeou hoje, 16, como bispo da diocese de Osasco (SP), dom João Bosco Barbosa de Sousa, OFM, transferindo-o da sede episcopal de União da Vitória (PR).
Trajetória
Dom João Bosco Barbosa de Sousa é natural de Guaratinguetá (SP), membro da Ordem dos Frades Menores (OFM). Foi nomeado bispo em 03 de janeiro de 2007, sendo ordenado no dia 23 de março do mesmo ano. É bispo de União da Vitória desde 30 de março de 2007. O lema “Cristo nossa vitória” conduz a missão episcopal de dom João Bosco que atualmente é presidente do Regional Sul 2 da CNBB.
Com formação em jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC) e Comunicação Social pela União Católica Internacional de Imprensa, dom João Bosco dedica-se aos trabalhos da Pastoral da Comunicação, com experiências em mídias audiovisuais, rádio e televisão. Em 2013, integrou a comissão do texto base da 51ª Assembleia Geral da CNBB.
Fonte: CNBB
 
SEMANA SANTA EM ASSAI
Assaí

A Paróquia São José celebrou solenemente o Domingo de Ramos, marcando assim a abertura da Semana Santa. A celebração teve início com a Benção dos Ramos em frente a sede da Defesa Civil, seguida pela procissão que tomou as ruas e avenida da cidade. 

Ja no interior da Igreja Matriz, totalmente tomada pelos fiéis que alojados também no presbitério, o pároco, Pe. Wagner, traçou as linhas da espiritualidade desta semana e exortou os fiéis a participaram com devoção e compromisso desta Semana Santa, enfatizando, sobretudo a importância do Tíduo Pascal.

Pascom Assai

ramos

alt

Leia mais...
 
TARDE DE RETIRO
Assaí

Queridos irmãos, vindo de encontro aos ganhos do Capítulo geral no que diz respeito à Prioridade 2.2 e aos constantes convites do Superior geral que também nas últimas Deliberações nos pede de “valorizar as novas tecnologias para melhorar a qualidade da partilha da nossa experiência de consagração e missão”, somos contentes de partilhar com todos a tarde de retiro que a Comunidade religiosa de Assai realizou na segunda-feira, 31 de março, no Centro de Espiritualidade Monte Carmelo de Londrina.

Refletimos os números 41-46 da Exortação Apostólica pós-sinodal Vita Consecrata à luz da Prioridade 1 do Documento final do XIX Capítulo geral, com suas respectivas ações. Após a exposição tivemos um tempo de aproximadamente 1 hora e meia para reflexão pessoal, concluindo com a celebração da Eucaristia onde partilhamos os frutos das reflexões pessoais, destacando a necessidade de sentir-se cada vez mais partícipe “da e na família religiosa” compreendendo a Comunidade como lugar da Fraternidade (familiaridade) e espaço teologal (VC).

Concluímos a partilha refletindo ainda sobre alguns trechos da carta “Alegrai-vos”, Carta aos consagrados e consagradas para o ano dedicado à vida consagrada, destacando as indagações que o Santo Padre nos faz como, por exemplo: “¿Cómo estamos con la inquietud del amor? ¿Creemos en el amor a Dios y a los demás? ¿O somos nominalistas en esto? No de modo abstracto, no sólo las palabras, sino el hermano concreto que encontramos, ¡el hermano que tenemos al lado! ¿Nos dejamos inquietar por sus necesidades o nos quedamos encerrados en nosotros mismos, en nuestras comunidades, que muchas veces es para nosotros "comunidad-comodidad"?”

Com carinho, Pe. Wagner e Pe. Paulo


RETIRO DE COMUNIDADEalt

 
Formação no Complexo Escolar Sagrada Família
Instituto Santa Paula

altNa manhã desta sexta feira, 28 de março, aconteceu a primeira formação dos professores do Complexo Escolar Sagrada Família de Assai. O encontro teve início com a oração das Laudes e em seguida Pe. Wagner fez uma exposição sobre o Projeto Político Pedagógico com a intenção de lançar raízes para a futura construção coletiva do Projeto Pedagógico do Complexo Escolar. A formação seguiu-se com dinâmicas organizadas pelas diretoras das escolas que formam o Complexo e uma pequena confraternização.alt

Leia mais...
 
Diocese de Cornélio Procópio tem novo Bispo
Assaí
O papa Francisco acolheu o pedido de renúncia apresentado por dom Getúlio Teixeira Guimarães, em conformidade com o cânon 401.1 do Código de Direito Canônico, e nomeou hoje, 26, como bispo da diocese de Cornélio Procópio (PR), dom  Manoel João Francisco, transferindo-o da sede episcopal de Chapecó (SC).
Trajetória
Dom Manoel João Francisco nasceu no dia 05 de setembro de 1946, em Machados, Itajaí, Santa Catarina. Com a emancipação de Navegantes, Machados passou a fazer parte deste novo município.
É filho de João Bernardino Francisco e de Maria Santos Francisco. É o quinto de uma família de dez filhos. Três rapazes e sete moças. O pai no início trabalhou na roça, como arrendatário, depois como operário na fábrica de papel. A mãe, juntamente com os filhos, sempre trabalhou na roça em terra arrendada.
Entrou na escola com 09 anos e foi para o Pré-Seminário Nossa Senhora de Fátima em Antônio Carlos/SC, com 13 anos. Passou em seguida para o Seminário Menor de Azambuja, Brusque/SC, onde cursou o Ginásio e o Científico. Em 1968, tendo prestado exame vestibular ingressou na Faculdade de Filosofia, licenciando-se neste curso em 1971, pela Universidade Federal do Paraná. Em 1970 iniciou o curso de Teologia no Instituto Teológico de Curitiba.
Em 1972 matriculou-se na Faculdade de Pedagogia, formando-se em Orientação Educacional em 1973 pela Universidade Federal do Paraná.
De 1975 a 1977 fez o Mestrado em Teologia Dogmática com especialização em Sacramentos no Pontifício Ateneu Santo Anselmo em Roma. Em 1989 voltou a Roma, onde doutorou-se com a mesma especialização e no mesmo Ateneu, em dezembro de 1991. De 1994 a 1995 especializou-se em Gerontologia pela Universidade Federal de Santa Catarina.

A ordenação presbiteral aconteceu em Machados no dia 08 de dezembro de 1973. Nos seus 25 anos de padre, Dom Manoel trabalhou como vigário paroquial em Biguaçu, Rieti (Itália), Palhoça e Ribeirão da Ilha. Foi pároco na Coloninha (Florianópolis), Camboriú e Ponte do Imaruí (Palhoça).
Foi orientador dos seminaristas, estudantes de Teologia, de 1978 a 1980. Professor de Teologia, no Instituto Teológico de Santa Catarina (ITESC), desde 1978 até 1998. Tem colaborado também como professor na Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção, São Paulo, no curso de pós-graduação em Liturgia, e nas Universidade , do Sul do Estado (UNISUL), Fundação Universidade Regional de Blumenau (FURB) e Universidade de Joinville (UNIVILLE), no curso de Ciências da Religião.
Foi também membro do Conselho de Presbíteros da Arquidiocese de Florianópolis, do Secretariado de Pastoral, da Equipe de Animação do Projeto Rumo ao Novo Milênio, Coordenador da Equipe Arquidiocesana de Liturgia, coordenador de Pastoral da Comarca do Estreito, coordenador da Equipe Arquidiocesana de Pastoral dos Enfermos, coordenador do Centro Ecumênico de Estudos em Florianópolis, representante da Igreja Católica na Comissão Regional de Educação Religiosa (Seccional do CIER) em Itajaí e em Florianópolis, membro da Equipe Nacional de Reflexão Litúrgica (Assessoria à CNBB), presidente (um período) e vice-presidente (dois períodos) da Associação dos Liturgistas do Brasil (ASLI) e membro da Comissão de Ética em Pesquisa com Seres Humanos da Universidade Federal de Santa Catarina.
Nos últimos cinco anos como presbítero, foi Diretor do Instituto Teológico de Santa Catarina. No dia 28 de outubro de 1998 foi nomeado pelo Santo Padre, o Papa João Paulo II, bispo de Chapecó/SC.
 
Agradecimento a Dom Getúlio, Bispo Emérito da Diocese de Cornélio Procópio
Assaí

Leia, na íntegra, a mensagem de agradecimento do Padre Wagner Zacarias Rufino (Pároco da Paróquia São José de Assaí e Vigário Regional da Congregação da Sagrada Família de Bérgamo no Brasil) a Dom Getúlio Teixeira Guimarães, Bispo Emérito da Diocese de Cornélio Procópio. O papa Francisco acolheu o pedido de renúncia apresentado por dom Getúlio Teixeira Guimarães, em conformidade com o cânon 401.1 do Código de Direito Canônico no último dia 26 de março de 2014.


Q
uerido Dom Getúlio

Em nome dos paroquianos da Paróquia São José, em nome da minha Comunidade Religiosa e em nome de minha Congregação Religiosa (Região Brasil), quero agradecê-lo imensamente pelo serviço prestado na Diocese de Cornélio Procópio, como exímio pastor que "passou fazendo o bem".
Como diocesano desta amada Diocese (nasci em Assaí), pude presenciar e experimentar seu grande amor pelo reino: nas visitas pastorais (presenciei uma em 1987 quando ainda morava em Assaí), nas várias celebrações presididas em minha paróquia de origem, nos encontros diocesanos, nas conversas e mais recentemente no clero diocesano.
Louvo e agradeço a Deus pois, por seu intermédio, como sucessor dos Apóstolos, fui ordenado presbítero em 30 de janeiro de 2000.

Louvo e agradeço a Deus pelo amor e carinho que o senhor sempre manifestou para com os padres e religiosos da Congregação da Sagrada Família a que pertenço.
Louvo e agradeço a Deus por ter aceito a indicação de meus legítimos superiores para o ministério de pároco na cidade de Assaí.
Rogo ao Senhor que continue fortalecendo-o para que continue "passando fazendo o bem".
Muito obrigado pelo seu testemunho.
 
Assai, 26 de março de 2014
 
 
Pe.Wagner Zacarias Rufino, CSF
Pároco e Superior da Comunidade Religiosa
Vigário Regional da Congregação da Sagrada Família - Região Brasi
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL